Os pontos fortes dos recuperadores de calor e inserts SUPRA

O fogo contínuo 10 horas

Um aparelho certificado fogo contínuo segundo a norma EN 13240 é capaz de manter uma camada de brasas suficiente para atear o lume após 10 horas de funcionamento lento sem necessidade de carregar. Um aparelho semelhante evita a maçada de ter que reacender sistematicamente (isto nas condições de instalação e de utilização especificas no folheto de instruções). SUPRA também equipou os seus aparelhos de grandes cinzeiros acessíveis durante a combustão para facilitar a manutenção.

 

Qualidade de combustão

A SUPRA desenvolveu a tecnologia de combustão quente + de 150ºC. Esta fundamenta-se no princípio de concentração do calor no recuperador, graças ao deflector de fumos da câmara de combustão pode aumentar de 150ºC comparativamente a uma combustão tradicional. A irradiação pelo vidro é amplificada com uma restituição de calor mais rápida e mais saudável.

  • A combustão é completa com fumos limpos (fracas emissões) e o rendimento do aparelho é superior.
  • A manutenção do recuperador de calor é simplificada graças à redução das cinzas. A fuligem e os odores, sintomas de uma “combustão fria” são absorvidos.
  • O vidro permanece limpo mais tempo: è o efeito de “pirólise” (auto limpeza das fuligens a partir de 500C na face interna do vidro) que se junta ao sistema “vidro limpo”

 

O sistema de vidro limpo

Concebido pela SUPRA, o sistema “vidro limpo” baseia-se na circulação do ar ao longo do vidro vitrocerâmico (resistente a 800C). O quadro da porta canaliza, à superfície do vidro, uma corrente de ar que afasta os fumos (eficácia optimizada em andamento nominal). O vidro permanece limpo mais tempo. Este ar também traz oxigênio suplementar para as chamas e favorece a combustão limpa.

 

Os deflectores de fumo

É o elemento fundamental do recuperador de calor. A SUPRA utiliza aço inoxidável nos seus deflectores. Material refractário cuja resistência é superior à do ferro fundido tradicional.

A forma do deflector e o poder reflector do inos permitem concentrar o calor e manter o recuperador de calor a uma temperatura elevada. A sus eficácia á melhorada ao adicionar um isolamento em vermiculite em alguns modelos

 

Elevação da porta

SUPRA adoptou a “elevação com dupla corrente sincronizada” para os seus recuperadores de calor com porta retráctil. Desta forma, o movimento da porta é silencioso e regular no tempo. A trajetória da porta foi estudada de forma a evitar as fricções das juntas no caixilho fixo. Durante o movimento, a porta afasta-se automaticamente e volta para a posição de contacto em cima e em baixo para garantir estanquicidade.

 

A câmara de combustão envelope triplo (2+1)

Esta é a solução ideal para garantir a perenidade, o desempenho e a segurança do recuperador de calor. Constituída por uma parede dupla estanque (aço + ferro fundido), difusa o calor mais rapidamente. Uma terceira parede de segurança (de série ou opcional) em aço reflector protege o recinto do recuperador de calor de eventuais sobre aquecimentos.

 

A ligação do ar de combustão

Em função do isolamento e do equipamento da sua habitação, o ar de combustão deve vir do exterior da divisão. SUPRA criou o módulo “IN’AIR” ( compatível com ventilação Mecânica Controlada) para a recolha do ar no exterior da divisão. O funcionamento do recuperador de calor não ficou perturbado, o rendimento é optimizado e conforto aumentado (sem correntes de ar).